slide1

premiosapom

EMYA yelow nominee 2014 23

Visita Virtual

Venha Conhecer-nos!

Rede de Arrojamentos de Cetáceos do Arquipélago da Madeira

R.A.C.A.M.

Rede de Arrojamentos de Cetáceos
do Arquipélago da Madeira
Contactos:
291 961 859 / 924 432 091

O Museu da Baleia da Madeira dispõe de mais de 1.000m2 de exposição permanente, divididos por duas salas. As exposições permanentes abertas ao público desde Setembro de 2011 convidam o visitante a explorar os mares da Madeira, para descobrir as suas riquezas e aprender mais sobre as baleias, golfinhos e outros seres vivos marinhos que habitam estas águas. O visitante é também transportado no tempo até início dos anos 40 do séc. XX, para conhecer a história da caça à baleia na Madeira.


A exposição inicia-se na Sala da Caça à Baleia, com a redescoberta dos tempos passados através de uma série de objetos, imagens impressas, filmes e quiosques multimédia. Essa sala divide-se em diversas zonas temáticas, que vão desde o funcionamento da rede de vigias das baleias até à fábrica de processamento dos animais, passando pelas técnicas de caça, pela reconstituição da frota baleeira e das suas tripulações e pela contextualização da baleação madeirense no cenário mundial.


Nesta primeira sala destacam-se duas baleeiras originais e um mosaico composto por 84 fotografias, onde se presta uma homenagem aos baleeiros que, impelidos pela necessidade de subsistência, tiveram a coragem de enfrentar os gigantes dos mares.


No regresso à atualidade, o visitante é convidado a "mergulhar no imenso mar". Por entre modelos em tamanho real de baleias, golfinhos e outras criaturas marinhas o visitante pode explorar vários filmes 3D estereoscópicos e outros conteúdos multimédia. A exploração desses conteúdos permite aprender mais sobre diversas temáticas marinhas, incluindo os mamíferos marinhos, na sua relação com os oceanos e, em especial, com os mares da Madeira.


Em todo o percurso museológico é facultada informação explicativa dos conteúdos, através de áudio-guias e legendas devidamente identificadas, disponíveis em cinco línguas. O acervo histórico e natural é complementado com vídeos, consolas interativas, fotografias, objetos e simuladores. Ao visitante é dada a possibilidade de escolher a diversidade e profundidade da informação a que pretende aceder.

 

Fique a conhecer melhor a Sala dos Cetáceos e a Sala da Caça à Baleia.