slide1

premiosapom

EMYA yelow nominee 2014 23

Visita Virtual

Venha Conhecer-nos!

Rede de Arrojamentos de Cetáceos do Arquipélago da Madeira

R.A.C.A.M.

Rede de Arrojamentos de Cetáceos
do Arquipélago da Madeira
Contactos:
291 961 859 / 924 432 091

O Museu da Baleia da Madeira (MBM) tem realizado ou colaborado no desenvolvimento de exposições temporárias. A temática subjacente às exposições é diversa mas procura, sempre, promover sinergias entre instituições levando a missão do museu mais longe. As exposições temporárias podem ocorrer na instituição ou no exterior, sendo, em alguns casos itinerantes.

O MBM dispõe de uma sala de exposições temporárias que permite a realização de atividades de dinamização cultural de cariz diverso: desde exposições sobre diversas temáticas, a peças de teatro e apresentação de projetos. A sala carateriza-se pela sua versatilidade.

Saiba mais sobre cada uma das exposições promovidas. Fique a conhecer a Sala de Exposições Temporárias do Museu.

Balada do Arpoador


Balada do Arpoador é a designação de uma exposição temporária de pintura e escultura, da autoria de Gonçalo Ferreira de Gouveia, que estará patente na sala de exposições temporárias do Museu da Baleia da Madeira, no Caniçal, entre 17 de novembro de 2017 e 7 de janeiro de 2018. Integrada nas comemorações do Dia Nacional do Mar, a exposição resulta de uma colaboração entre a Universidade da Madeira, através do autor, sendo este aí Docente, e o Museu da Baleia da Madeira / Câmara Municipal de Machico. Focando-se no tema da baleação nos mares da Madeira, entre os anos quarenta e oitenta do século XX, a exposição apresenta três séries de pintura distintas, designadas: ‘Gesta’, ‘Balada’ e ‘Provérbios’, complementados por uma pequena escultura. A primeira série é constituída por um conjunto de vinte telas de pequena dimensão que focam os protagonistas da gesta da Leviatã nas suas diversas etapas; A segunda série materializa-se num políptico com cinco painéis, de maiores dimensões, que aborda as figuras do arpoador e dos intervenientes no ato fundamental da caça à baleia; O terceiro núcleo propõe a ilustração de treze provérbios, interpretados à luz das múltiplas realidades abarcadas pelo fenómeno que constituiu a baleação na Madeira. 

Antecedendo o ato de abertura da exposição foi proferida uma palestra pela Profª Doutora Luísa Paolinelli, da Faculdade de Artes e Humanidades da Universidade da Madeira, com o tema “Património Insular e Criação Literária”. 

Exposição Itinerante - Um museu: histórias de vida e de mar

Cartaz Exposio Museu

A exposição Um museu: histórias de vida e de mar foi inaugurada em novembro de 2016, associada à comemoração do Dia Nacional do Mar, tendo a pretensão de dar a conhecer o Museu da Baleia da Madeira e a sua missão. Trata aspetos da história do museu; explora as temáticas que compõem a exposição permanente: a caça à baleia na Madeira (1941-1981) e a vida dos cetáceos; dá a conhecer as valências da Instituição: museologia/história, ciência e educação; revela resultados dos trabalhos desenvolvidos e mostra elementos representativos da diversidade cultural do museu. 

Um dos objetivos era que estivesse em exposição em lugares com grande afluência de público e que percorresse todos os concelhos da Madeira. Passado um ano e porque só assim foi possível alcançar os objectivos a que nos propusemos, agradecemos a todas as Instituições que acolheram a exposição.

Museu da Imprensa, Câmara de Lobos

Grutas de S. Vicente, S. Vicente

Centro de Ciência Viva do Porto Moniz

Madeira Shopping, Funchal

Centro Comercial La Vie, Funchal

Aeroporto da Madeira – Cristiano Ronaldo, Santa Cruz

Parque Temático da Madeira, Santana

Escola Gonçalves Zarco, Funchal

Museu Etnográfico – Ribeira Brava

Conferências do Mar – Casino da Madeira, Funchal

Centro Cultural John dos Passos – Ponta do Sol

Centro Cultural e de Congressos – Porto Santo

Casa da Cultura de Santa Cruz


Mar[mórias]

A exposição “MARmórias” resultou do desafio educativo apresentado às escolas no início do ano letivo 2016/2017. É um projeto de continuidade pedagógica, de cariz artístico que associou a componente histórica do MBM com a arte. Incidiu sobre as fotos dos baleeiros e visou a recriação de retratos de baleeiros através da pintura sobre tela, influenciada no estilo de reconhecidos artistas plásticos da história de arte.
Para este desafio as escolas inscritas tiveram acesso gratuito a uma visita de estudo ao MBM, para recolha de informação, e a uma atividade de acompanhamento nas escolas.

Neste desafio participaram as seguintes instituições:

1 – Escola Básica e Secundária Padre Manuel Álvares

2 – Escola Básica do 2º e 3º Ciclos Dr.º Horácio Bento de Gouveia

3 – Externato Apresentação de Maria

4 – Escola Básica do 2º e 3º Ciclos do Caniçal

5 - Escola Básica do 2º e 3º Ciclos Cardeal D. Teodósio de Gouveia

6 - Escola Básica e Secundária Gonçalves Zarco

7 - Escola Básica e Secundária de Santa Cruz

8 - Escola Básica e Secundária de Machico

9 – CAO de São Vicente

10 – EB 123/PE do Curral das Freiras


A exposição foi inaugurada no Museu da Baleia da Madeira a 26 de maio de 2016, coincidindo com a comemoração do aniversário do museu. Nesta sessão foi, também, divulgada a escola vencedora do desafio: Escola Básica do 2º e 3º Ciclos Cardeal D. Teodósio de Gouveia, que recebeu como prémio uma viagem para observação de cetáceos no veleiro Mestre Miguel.

Face à qualidade dos trabalhos apresentados pelas escolas foram ainda atribuídos, duas menções honrosas, à Escola Básica e Secundária Gonçalves Zarco e ao CAO de São Vicente.

Veja os trabalhos realizados pelas instituições aqui.

Além da participação das instituições, foram convidados 3 artistas plásticos do Caniçal, para a recriação dos retratos dos baleeiros, nomeadamente Emanuel Santos, Inês Alves e Elda Calaça.

Esta exposição permaneceu no museu de maio até setembro de 2017, seguindo para o Centro Comercial Madeira Shopping. 



Um museu: histórias de vida e de mar

logo um museu historias de vida e de mar

A inauguração da exposição itinerante «Um museu: histórias de vida e de mar» foi realizada no passado dia 16 de novembro, associada às comemorações do Dia Nacional do Mar.  Esta exposição dá a conhecer o Museu da Baleia da Madeira, abordando a sua história, as suas valências - Museologia, Ciência e Educação e parte do trabalho realizado na instituição, através de 7 painéis, em versão inglesa e portuguesa.

A exposição está patente ao público no Museu da Baleia até 27 de novembro e de onde seguirá para outros lugares com grande afluência de público e de interesse turístico e cultural.

Poderá visualizar o registo fotográfico do evento na seguinte galeria:

No images found.

Vou marAr.te a cabeça


slogan Marar-te

Vou marAr.te a cabeça”, é o nome do desafio educativo para o ano letivo 2015/2016 apresentado à comunidade educativa. A ideia inicial para este desafio, surgiu a partir do arrojamento de uma baleia, cuja espécie é ainda desconhecida, na praia Formosa (Funchal), no dia 4 de maio de 2014. O animal encontrado foi recolhido pela equipa de Biologia Marinha do MBM, sendo necropsiado e feita a recuperação dos ossos para posterior montagem do esqueleto.

Esta atividade educativa pretende dar a conhecer aos envolvidos todo o processo desde a recolha do animal até à montagem dos esqueletos e, sobretudo, as dificuldades inerentes à determinação da espécie de alguns dos animais que arrojam, para a qual é, entre outros, necessário analisar a anatomia da cabeça.

Deste modo foram elaborados oito modelos em fibra de vidro com o formato de uma cabeça de baleia e, simultaneamente com a função de banco de jardim. Os modelos foram entregues às escolas participantes cujo objectivo é desenvolverem uma intervenção artística.

No decorrer da planificação do projeto foram efetuados contatos com a Câmara Municipal e com a Junta de Freguesia local para determinar os locais públicos, onde os modelos (depois da intervenção artística) serão colocados. Esta iniciativa pretende contribuir, também, para embelezar a vila, mas sobretudo promover a manutenção da herança cultural associada à caça à baleia.

DSC04555DSC03897

Os 8 modelos elaborados foram entregues às escolas no decorrer do primeiro período letivo (2015/2016), tendo as escolas realizado a visita de estudo ao MBM para melhor se inteirarem do projeto e recolherem informação e inspiração para a intervenção artística. No decorrer do 2º período letivo o MBM irá realizar nas escolas palestras de sensibilização ambiental e, sobretudo, acompanhar o processo educativo inerente ao desafio. Os modelos serão recolhidos em abril de 2016 e colocados em espaços públicos da Vila do Caniçal. 

 cabeças baleias

A inauguração da exposição realizou-se no dia 27 de maio, percorrendo as ruas da vila do Caniçal.

No images found.

Oficina do Mar - Segunda edição

No decorrer dos anos letivos 2013/2014 e 2014/2015 o MBM colaborou com a EB2,3 do Caniçal no desenvolvimento da disciplina “Oficina do Mar”, desenvolvida às 5ª feiras, das 10h15m às 12h30m, no piso -1 do MBM.

A disciplina promoveu a realização de trabalhos de expressão plástica, com materiais recolhidos do calhau e a construção de um pequeno barco. Os trabalhos desenvolvidos ficaram em exposição no hall da loja do museu no verão de 2015.

No images found.

As Miniaturas do Mar

Os artesãos madeirenses: João Sousa, Gonzaga Sirgado e Mestre “Bailinha”, viram os seus trabalhos em exibição na sala de exposições temporária do MBM de 23 de março a 11 de maio de 2015. Foram apresentados objetos de diferentes tipologias e matérias-primas, como o osso de baleia, confirmando a diversidade desta arte. 

No images found.

Dentes do Ofício

Dentes do Ofício, foi não só o nome do desafio educativo, como também o nome das exposições temporárias que daí resultaram, uma no MBM e outra do Madeira Shopping.

Este desafio teve a participação de 25 instituições educativas que realizaram trabalhos relacionados com o percurso da instituição nos últimos 25 anos.

A exposição foi inaugurada na sala de exposições temporárias do MBM, no dia 28 de maio de 2015, correspondendo ao aniversário do museu, ficando em exibição até 27 setembro de 2015. Estiveram presentes o Diretor Regional da Educação, Presidente do Município e respetiva vereação e Presidente da Junta de Freguesia do Caniçal. Além das entidades oficiais estiveram representadas as escolas participantes através de professores e alunos, tendo ocorrido a entrega de prémios aos vencedores.

Exposição na Sala de Exposições Temporárias do Museu.



Posteriormente, os trabalhos resultantes do desafio educativo “Dentes do Ofício” ficaram em exibição no Centro Comercial Madeira Shopping, de 29 de setembro a 12 de outubro de 2015, tornando a atividade acessível por outro tipo de público. Visto que a data da exposição coincidia com o início do novo ano letivo (2015/2016), foram colocados elementos referentes ao desafio educativo deste ano letivo “Vou marAr.te a cabeça” , incentivando à participação no mesmo.

Exposição no Madeira Shopping

Oficina do Mar

A Escola Básica do 2.º e 3.ºciclos do Caniçal, em colaboração com o Museu da Baleia da Madeira - Município de Machico e os Serviços do Parque Natural da Madeira, apresentou, no dia 27 de junho, a exposição dos trabalhos elaboradas no decorrer da disciplina “Oficina do Mar”. Esta disciplina foi desenvolvida nas instalações do MBM ao longo do ano letivo 2013/2014.

Insulana - "Cartilha de Prodígios"

Insulana é a designação de um ciclo de exposições de pintura da autoria de Gonçalo Ferreira de Gouveia, realizados com o patrocínio do Conselho de Cultura da Universidade da Madeira. Ao longo de 2014, a exposição esteve patente em quatro espaços distintos, gentilmente cedidos para o efeito por Entidades da RAM. Dedicados à recitação de vivências de um certo imaginário insular, as exposições propõem uma reflexão sobre os modos como hoje, tal como ontem, construímos nesta ilha a nossa identidade individual e colectiva. 


Sou 5 estrelas!

A exposição temporária “Sou 5 estrelas!” inaugurou, no MBM, a 7 de maio de 2014 e resultou do desafio escolar com o mesmo nome. A exposição contém trabalhos realizados por várias instituições educativas da RAM que participaram nas categorias do 1ºCEB, 2º CEB, 3º CEB, CAO e ATELIER. 



Posteriormente, de 17 a 27 de julho de 2014, os trabalhos foram expostos no Madeira Shopping.




A Biologia no Arquipélago da Madeira, Investigação e Ciência

biologia
 
Entre 18 de março e 26 de abril de 2014, decorreu no museu, a exposição temporária “A Biologia no Arquipélago da Madeira, Investigação e Ciência”. Esta exposição itinerante da autoria do Conselho Regional da Madeira da Ordem dos Biólogos pretende divulgar os trabalhos realizados no arquipélago da Madeira nos últimos anos por vários investigadores.

Os trabalhos expostos, em formato poster, foram apresentados em reuniões científicas nacionais e internacionais entre 2010 e 2013.

No images found.

Magia da Arte

De 4 a 24 de fevereiro de 2014 o Museu da Baleia da Madeira acolheu a exposição temporária “Magia da Arte”. Esta iniciativa do Centro de Atividades Ocupacionais de Machico pretendeu dar a conhecer diversas formas de representar a arte através de decoração de caixas de sapatos.arte

12 anos de Astronomia na RAM

convite

A exposição retrata o trabalho desenvolvido pela Associação de Astrónomos Amadores da Madeira e pelo Grupo de Astronomia da Universidade da Madeira.

A inauguração da exposição no MBM ocorreu a 7 de dezembro sendo associada à “Noite 5 estrelas”. Esta contemplou a realização de uma palestra sobre as constelações baleia e golfinho e associou-se à primeira edição do “Dormir com as baleias”.










Modelismo Náutico no Caniçal

modelimso nautico

De 12 de novembro a 2 de dezembro o MBM acolheu a exposição temporária “Modelismo Náutico no Caniçal”. Esta iniciativa resultou da colaboração entre o MBM e a Associação Amigos do Modelismo e teve como objetivo dar a conhecer os trabalhos realizados por profissionais do Caniçal na arte do modelismo náutico.

 
A exposição foi inaugurada a 15 de novembro associando-se ao “Dia Nacional do Mar”. Além da exposição foi apresentado o projeto
"Aprender com o Mar" 
desenvolvido em colaboração com a EB2,3 do Caniçal e assinada a adesão ao projeto Eco-Compatível do Parque Natural da Madeira.















No images found.


Barroquices

Convite Barroquices

A EB2,3 do Caniçal voltou a surpreender com a exposição "Barroquices" com a qual se pretendeu explorar aspetos visuais do estilo barroco numa perspetiva original com diferentes e interessantes ângulos, em jogos de observação, criação de significados, criatividade, desenho e pintura. Todos os trabalhos apresentados foram realizados nas disciplinas de Educação Visual e de Educação Tecnológica.

A inauguração da exposição a 21 de junho de 2013 foi complementada com outros dois eventos. Num primeiro momento, a realização da peça de teatro: "O Pomar de Dona Abundância" levada à cena pelas alunas da Modalidade de Teatro da referida escola e coordenadas pelo Professor Miguel Ângelo. Foi ainda promovido o Encontro de Modelismo, realizado em colaboração com a escola e a Associação Amigos do Modelismo.

Museus (Memória + Criatividade) = Mudança

O Museu da Baleia da Madeira expõe na Assembleia da República
O MBM finalista dos prémios da APOM (Associação Portuguesa de Museologia) ao qual foi atribuída a Menção Honrosa na categoria Melhor Museu 2012, foi convidado a participar na exposição "Museus (Memória + Criatividade) = Mudança Social". Esta exposição esteve patente na Sala dos Passos Perdidos da Assembleia da República de 23 de Maio e 14 de Junho.

 

Prémios APOM 2012 - Diploma

Além do MBM também participam os outros finalistas dos prémios da APOM em 2012, na categoria de "Melhor Museu Português", nomeadamente o Museu da Comunidade Concelhia da Batalha e o Museu Manuel de Arriaga.

Cachalotes e Margaridas

Convite Cachalotes e Margaridas no Aeroporto"Cachalotes e margaridas" foi a exposição que o museu da baleia desenvolveu no âmbito da Festa da Flor 2013, ficando exposta no aeroporto da Madeira de 3 a 15 de maio de 2013. O nome atribuído à exposição relaciona-se com a posição de proteção das cachalotes-fêmeas em relação às suas crias. Para protegerem as crias os cachalotes adultos organizam-se num círculo em que as cabeças ficam orientadas para o centro e a cauda para o exterior, mantendo as crias no centro. Esta forma de organização social é designada de "posição margarida".

Partindo desta informação foi criada uma baleia tridimensional coberta com margaridas.

Foram também expostas fotografias de cachalotes avistados na RAM e peças do artesão João Sousa.

BaleiArte

A exposição baleiArte resultou do desafio lançado à comunidade educativa no ano lectivo 2012/2013. Os trabalhos resultantes do concurso baleiArte percorreram vários locais da ilha:

1º - MBM – 30 abril a 2 de junho - Veja aqui a Galeria

2º - Madeira Shoping – 5 a 16 de Junho - Veja aqui a Galeria

3º - Museu Casa da Luz – 18 a 27 de Junho - Veja aqui a Galeria

4º - Hotéis Pestana Carlton (Funchal) e Quinta do Lorde (Caniçal) – 28 de julho a 5 agosto

5º - Aeroporto da Madeira - 6 agosto a 1 setembro - Veja aqui Galeria

6º - Biblioteca Pública Regional – 25 de julho a 30 de setembro - Veja aqui a Galeria

Fique a conhecer todos os detalhes do Projecto baleiArte aqui.

MBM - Recordando o passado, preparando o futuro

"Museu da Baleia da Madeira – Recordando o passado, preparando o futuro" foi o nome da exposição que o museu desenvolveu para dar as boas vindas aos turistas que chegaram à ilha por cruzeiro ou por avião. Neste âmbito a exposição foi colocada na Gare Marítima da Madeira (1 de nov. a 2 de dez. de 2012) e no Aeroporto da Madeira (15 de dez. 2012 até 10 de jan. 2013).

Na exposição representaram-se três vertentes do MBM, nomeadamente: museologia, educação e ciência. Além destas estiveram também alguns trabalhos elaborados pelos alunos do Centro de Atividades Ocupacionais de Machico bem como fotografias sobre a biodiversidade marinha da RAM, de reconhecidos fotógrafos madeirenses.

Veja fotografias da inauguração na GMM e do aeroporto.



Consulte algumas notícias da comunicação social sobre este evento: Jornal da Madeira - Onze Exposições Temporárias, Jornal da Madeira - História da Madeira e Jornal da Madeira - Turismo aposta em Mercados menos antigido pela crise.

ImagiMar

A exposição ImagiMar foi desenvolvida pelos professores de Educação Visual e Tecnológica da EB2,3 do Caniçal ficando em exposição no museu de 12 de julho a 2 de Setembro de 2012.



A originalidade dos trabalhos levou ainda a exposição até ao Madeira Shopping onde ficou de 18 a 29 de outubro de 2012.



A exposição leva-nos desde o universo imagético dos monstros marinhos das cartas náuticas da Idade Média, até a atividades focalizadas na preservação da natureza. Assim, os alunos inspiraram-se nas cartas marítimas para recriarem seres fantásticos que adaptaram a mealheiros, cuja função pedagógica foi valorizada.

Caça à Baleia - Artes & Factos

A 7 de março de 2012 inaugurou-se a exposição "Caça à Baleia: Arte&Factos", elaborada em parceria com o Centro de Atividades Ocupacionais de Machico. A exposição ficou exposta na sala de Exposições Temporárias até 16 de Abril de 2012. Os trabalhos desenvolvidos relacionam-se com a caça à baleia sendo reconstituídos modelos com material reutilizado.

A inauguração da exposição veio complementar a comemoração do centésimo aniversário do Sr.º José Martins, um antigo baleeiro caniçalense.

Veja as fotografias da exposição.

Exposição Rede Natura 2000

A divulgação do projeto científico/conservação Cetáceos-Madeira II está associado à exposição itinerante "Rede Natura 2000", com a qual o Museu da Baleia da Madeira pretende de uma forma simples e clara apresentar aos madeirenses e visitantes os valores da biodiversidade e dos espaços protegidos em Portugal, com especial ênfase no arquipélago da Madeira. É feita uma alusão às zonas terrestres, bem como à importância de aumentar o número de áreas marinhas a ser incluídas na Rede Natura 2000. A exposição pretende também sensibilizar os cidadãos para a importância destas áreas e para o valor dos recursos naturais que comportam, fomentando a proteção e o cuidado pelo meio ambiente, bem como dar a conhecer o trabalho de investigação do Museu da Baleia da Madeira que permite a gestão e conservação dos recursos.

Esta exposição itinerante colocada em casas da cultura, centros cívicos, juntas de freguesia, bibliotecas, entre outros, percorreu todos os concelhos do arquipélago. A exposição foi complementada com a realização de atividades educativas sendo visitada por mais de 148 mil visitantes ao longo dos 2 anos em que percorreu o arquipélago.

Veja a seleção de algumas fotografias da exposição nos vários locais da ilha.

Mar da Madeira - Mar de Emoções

"Mar da Madeira – Mar de Emoções" foi o nome atribuído à primeira exposição temporária patente no novo edifício do Museu da Baleia da Madeira. A exposição patente ao público, de 2 de Setembro de 2011 a Janeiro de 2012, foi organizada pelo MBM e contou com a colaboração de reconhecidos fotógrafos madeirenses: Carlos Silva, Cláudia Gomes, Gonçalo Gomes, Luís Dias, Luís Quinta, Nuno Sá, Pedro Gomes, Pedro Monteiro, Pedro Vasconcelos, Raquel Marques e Rita Ferreira.

As fotografias integrantes da exposição foram recolhidas em águas da ZEE (Zona Económica Exclusiva) da RAM e permitem, deste modo, que o visitante desfrute, visualmente, das maravilhas das nossas águas.

Visualize algumas das fotografias da inauguração da exposição.

Baleias e Golfinhos da Madeira – Venha conhecê-los melhor

O Museu da Baleia da Madeira (MBM), sob tutela do Município de Machico, Chefe de Fila do Projecto EMECETUS, co-financiado pelo programa de iniciativa comunitária INTERREG III e com o apoio do Centro Comercial Dolce Vita levou a cabo a exposição intitulada: "Baleias e Golfinhos da Madeira: venha conhecê-los melhor". A exposição ficou no Dolce Vita entre os dias 3 e 17 de Dezembro de 2010.

A sessão de abertura ocorreu a 3 de Dezembro pelas 18 horas. Foram convidadas para a sessão de abertura, várias entidades, entre as quais se salientam: Secretário Regional do Ambiente, Secretário Regional do Equipamento Social, deputados da Assembleia Regional, Diretor Regional do Ambiente, Presidente da Câmara Municipal de Machico (CMM), vereadores da CMM, entre outras entidades e de igual modo convidada a população em geral.

A exposição surge no âmbito do Projeto de investigação EMECETUS - estudo, monitorização e educação para a conservação dos cetáceos na Macaronésia e tem como objetivos gerais dar a conhecer as principais espécies de cetáceos que ocorrem nas águas do arquipélago da Madeira, bem como divulgar o trabalho de investigação que o MBM tem desenvolvido ao longo dos anos, com recurso a diferentes metodologias que estarão patentes na exposição.